Comício

7 Nov. • 21h • Coliseu • Lisboa


Intervenção de Jerónimo de Sousa
Secretário-Geral do PCP


Momento Musical

Fausto Neves • Manuel Pires Da Rocha • Hugo Brito • Carlos Canhoto • Catarina Moura • Luís Pedro Madeira • Gonçalo Leonardo • Rui Lúcio Das Neves • Tiago Santos • Oleg Chumakov

Dez Dias Que Abalaram o Mundo

Edição comemorativa

Dez Dias Que Abalaram
o Mundo

de John Reed


Inclui o filme "Outubro" de Sergei Eisenstein

Esta edição reproduz o texto das anteriores edições das «Edições Avante!», que trouxeram pela primeira vez o texto integral para a língua portuguesa, e inclui todos os documentos compilados por John Reed para a edição original. A Nota Introdutória de Lénine, que acompanha o livro, breve mas densa, é a melhor carta de apresentação que a obra poderia ter: «Foi com o maior interesse e sem que a minha atenção abrandasse um só momento que li o livro de John Reed Dez Dias Que Abalaram o Mundo. Recomendo sem reservas a sua leitura aos operários do mundo inteiro. […] Ele apresenta uma exposição verdadeira e muito viva de acontecimentos muito importantes para a compreensão do que é realmente a revolução proletária e a ditadura do proletariado.»

Inclui-se também nesta edição um desenvolvido Posfácio que, além de evocar a obra e a vida do autor, reflecte sobre os avanços e os recuos da experiência do socialismo na União Soviética, sobre as suas conquistas e sobre as consequências da sua derrota, e confirma, na actualidade, o que John Reed escrevera no seu prefácio: «a Revolução Russa é um dos maiores acontecimentos da história da humanidade.»

Além desse novo texto, esta edição comemorativa é também acompanhada por um DVD contendo o célebre filme Outubro, de Sergei Eisenstein, realizado para comemorar o décimo aniversário da Revolução e que retrata os acontecimentos do ano de 1917 até à vitória revolucionária e à aprovação dos decretos sobre a Paz e sobre a Terra.

Seminário

Socialismo, exigência da actualidade e do futuro


17 DE JUNHO DE 2017, Faculdade de Letras da Universidade de Lisboa

Paz, amizade e cooperação entre os povos são património da luta dos comunistas

Paz, amizade e cooperação entre os povos são património da luta dos comunistas

A paz, a amizade e a cooperação entre os povos deu o mote à sessão cultural promovida pelo PCP que encheu por completo o auditório do Fórum Municipal do Seixal. Assinalando os 72 anos da vitória sobre o nazi-fascismo, a sessão inseriu-se nas comemorações do centenário da Revolução Socialista de Outubro e incidiu precisamente no que esse acontecimento maior da luta dos explorados pela sua emancipação implicou na concretização da aspiração dos trabalhadores e dos povos à paz, à democracia e ao progresso social.

Ciclo de Debates

De 31 de Março a 16 de Novembro

Contacte-nos